Poli-USP realizou visita monitorada com estudantes de Ensino Médio

No dia 7 de junho, a Poli-USP recebeu centenas de estudantes de ensino médio para uma visita monitorada na Unidade. Esta iniciativa faz parte do “A USP e as Profissões”, programa coordenado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP que tem como objetivo auxiliar os alunos que estão decidindo a sua carreira profissional, permitindo que estes conheçam a estrutura da Universidade e saibam mais sobre as atividades de ensino, pesquisa e extensão disponíveis na graduação.
O Departamento de Engenharia de Produção da Escola (PRO) esteve presente na visita, com a participação dos docentes Mauro Zilbovicius e André Fleury, do funcionário Luis Antonio de Oliveira, além dos alunos do Centro Acadêmico de Engenharia de Produção (CAEP). Estes representantes do PRO conversaram com os visitantes, tirando as suas dúvidas relacionadas ao curso. Além disso, uma das impressoras 3D disponíveis no departamento ficou à exposição, permitindo que os alunos pudessem conhecer mais sobre um dos projetos desenvolvidos pelos laboratórios e grupos de pesquisa (saiba mais sobre o projeto, na reportagem exibida no “Jornal da Cultura”: acesse aqui).
Informações adicionais sobre as visitas do programa “A USP e as Profissões”, no site: http://prceu.usp.br/uspprofissoes/visitas-monitoradas.

Professor e alunos de Engenharia de Produção da Poli-USP participam de estudo sobre produtividade

Com a tema “Produtividade na Construção Civil”, pesquisa foi destaque na Folha de São Paulo

Nos últimos anos, o tema produtividade ganhou importância em diferentes setores da economia no Brasil, e a construção civil foi um destes. Para compreender melhor as dificuldades e os desafios relacionados a esta temática, a empresa de consultoria EY elaborou um estudo que contou com a participação do professor Eduardo Zancul, do Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP, e dos alunos Pedro Vassimon, Felipe Kahn e Renata Cavalcanti.

Este estudo procurou traçar um panorama sobre o tema no Brasil, definindo os principais fatores que influenciam a produtividade na construção civil e verificando o enfoque adotado na prática por empresas (através do levantamento de dados, entrevistas em profundidade e aplicação de questionários).

Os resultados finais da pesquisa foram apresentados no início de junho; nestes, foram analisadas sete alavancas importantes para o aumento da produtividade no setor em questão: planejamento, melhorias de projeto, qualificação da mão de obra, métodos de gestão, métodos construtivos, equipamentos e materiais. Segundo Zancul, o estudo “indica que a necessidade de aumento de produtividade na construção civil é urgente – para isso, as empresas precisam adotar um programa abrangente de aumento de produtividade, com múltiplas iniciativas coordenadas”.

Os resultados desta parceria foram destaque na coluna “Mercado Aberto”, da Folha de São Paulo, no dia 11 de junho (Link da matéria).

O relatório final da pesquisa está disponível no site da EY: Acesse aqui.