Bancas de Defesa: Novembro e Dezembro

Confira o calendário das Bancas de Defesa do PRO (Mestrado e Doutorado):

Modelos baseados em agentes na solução de problemas econômicos em concorrência imperfeita
Data: 25/11/2014
Horário: 10h
Candidato: Maria Paula Vieira Cicogna
Orientador: Celma de Oliveira Ribeiro
Local: Departamento de Engenharia de Produção – sala 232 – 2º andar

O trabalho para a sustentabilidade: alinhando a estratégia com a operação através de tarefas sustentáveis

Data: 01/12/2014
Horário: 13h30
Candidato: Ivan Bolis
Orientador: Laerte Idal Sznelwar
Local: Departamento de Engenharia de Produção – sala 232 – 2º andar

Análise da organização do trabalho na pesquisa e desenvolvimento de inovações com foco nas qualificações dos profissionais: um estudo de múltiplos casos

Data: 03/12/2014
Horário: 14h30
Candidato: Rosalina Alves Simões de Mesquita
Orientador: João Eduardo de Morais Pinto Furtado
Local: Departamento de Engenharia de Produção – sala 228 – 2º andar

Aspectos distintivos em gestão de empreendimentos econômicos solidários: observação participante em cooperativas autogestionárias de catadores de materiais recicláveis

Data: 17/12/2014
Horário: 14h
Candidato: Henrique Pedrosa Chagas
Orientador: João Amato Neto
Local: Departamento de Engenharia de Produção – sala 228 – 2º andar

Poli-USP conquista Prêmio Santander Universidades Guia do Estudante

O projeto “Formando graduandos inovadores: disciplina de projeto interdisciplinar e prototipação de soluções complexas para problemas reais da sociedade”, que trata da disciplina optativa da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) “Desenvolvimento Integrado de Produtos”, foi o vencedor da categoria “Inovação no Ensino” do Prêmio Santander Universidades/Guia do Estudante 2014. Entre os quesitos inovadores da disciplina reconhecidos pelo prêmio estão a multidisciplinaridade, o trabalho em equipe, o desenvolvimento de projetos como método de ensino-aprendizagem e o trabalho em casos concretos, demandados por empresas parceiras.

A cerimônia de premiação do Santander Guia do Estudante ocorreu no dia 5 de novembro, em São Paulo, e contou com a presença do governador do Estado, Geraldo Alckmin, do reitor da USP, Marco Antonio Zago, além de representantes de várias instituições universitárias e dos organizadores.

A disciplina “Desenvolvimento Integrado de Produtos” é optativa e começou a ser oferecida no primeiro semestre deste ano. Na primeira turma, foram 60 vagas, para as quais houve 141 candidatos. No final, ela ficou composta por 30 alunos da Poli, 10 da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), 10 da Faculdade de Economia e Administração (FEA) e 10 de outras unidades da USP. No segundo semestre de 2014 a disciplina teve aproximadamente 120 inscritos para 36 vagas.

Entre as inovações já geradas por alunos que se matricularam na disciplina estão um novo pluviômetro de baixo custo, que despertou interesse dos parceiros, e outra solução, ainda em segredo, indicada para iniciar processo de solicitação de depósito de patente.

Várias características da disciplina são inovadoras. Uma delas está na participação de professores de diferentes departamentos e áreas da Escola Politécnica. Os alunos também são oriundos de várias áreas da Poli e de outras unidades da USP.

“Utilizamos uma equipe de 10 pessoas, entre instrutores e monitores. Cada um cuida de um grupo de estudantes, que têm de seis a sete participantes”, explica Eduardo de Senzi Zancul, professor do Departamento de Engenharia de Produção da Poli e um dos responsáveis pela disciplina – os outros docentes são Roseli de Deus Lopes, Davi Noboru Nakano e André Leme Fleury. Além dos professores, pesquisadores, pós-graduandos e monitores dão apoio para as equipes de alunos.

Além das equipes de alunos serem multidisciplinares, a metodologia de ensino-aprendizagem utilizada é o desenvolvimento de projetos. “Nossos alunos trabalham em casos concretos. Temos empresas e instituições parceiras que apresentam uma demanda, um problema, e os alunos trabalham nisso”, afirma a professora Roseli de Deus Lopes. Os estudantes precisam desenvolver protótipos para as soluções, e usam as estruturas do InovaLab@POLI para desenvolvê-los. “Os projetos devem cumprir três ciclos de prototipagem, ou seja, os alunos desenvolvem e testam um protótipo. Usam o resultado para aperfeiçoar a solução, testam junto com o cliente novamente e repetem isso uma terceira vez”, explica.

Outro aspecto inovador está no gerenciamento de recursos financeiros para compra dos componentes usados na confecção dos protótipos. O financiamento é do fundo de endowment Amigos da Poli. “Os próprios alunos precisam gerenciar o dinheiro. Eles precisam definir, por exemplo, quanto de  recurso alocar no primeiro protótipo, caso contrário não terão o suficiente para chegar até a fase final”, acrescenta o professor Davi Nakano.

“O Prêmio Santander Guia do Estudante é muito concorrido. São quatro premiados, sendo um em cada uma das quatro categorias, e eles receberam um total de 2.500 inscrições”, afirma Zancul. “Estamos muito felizes por recebermos um prêmio tão relevante. A iniciativa tem pouco tempo de vida, pois a disciplina começou a ser oferecida este ano, mas mesmo assim já está obtendo reconhecimento, o que nos mostra que estamos indo no caminho certo no nosso objetivo de formar graduandos inovadores, preparados para conduzir o processo de inovação em empresas, criando soluções inovadoras para os problemas da sociedade”, finaliza.

Texto elaborado pela Assessoria de Imprensa da Poli-USP (link original: clique aqui

Prof. Mario Sergio Salerno é homenageado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial

image12

Nos dias 11 de 12 de novembro, aconteceu em Brasília o Seminário Internacional “Indústria para quê? Temas, Perspectivas, Instituições e Políticas”, realizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O evento, que marcou os dez anos da criação da agência, reuniu empresários, acadêmicos, convidados estrangeiros e representantes do governo. No evento, o professor Mario Sergio Salerno, do Departamento de Engenharia de Produção da Poli/USP, foi homenageado por sua contribuição para a criação e a consolidação da ABDI.

Para mais informações sobre a Agência, clique aqui.

Disciplina do PRO e o InovaLab ganham destaque no Jornal da Globo

inovalab

“Uma pesquisa apontou que o Brasil vem ganhando posições no ranking mundial de inovação, resultado do incentivo que as universidades têm dado à criatividade e o empreendedorismo dos alunos.

Oto é estudante de química e depois de passar dias e noites misturando à mão substâncias em tubos de ensaio, decidiu facilitar a própria vida e agora trabalha na criação de um pipetador automático. Ideias como essa e espíritos empreendedores como esse fizeram o Brasil subir no Ranking Mundial da Inovação feito pela consultoria Thomson Reuters.

Tem muito conhecimento sendo produzido no Brasil. Acontece que grande parte dele fica dentro das universidades e uma descoberta científica só pode ser chamada de inovação quando chega ao mercado. A USP criou um  laboratório onde só se estuda e trabalha para isso: criar soluções para os problemas das empresas.

‘A gente está procurando formar o que a gente chama de inovadores, profissionais preparados a conduzir inovação na empresa. Ou seja, levar a tecnologia até produtos para a sociedade’, explica Eduardo Zancul, professor da Politécnica e vice-coordenador do InovaLab.”

Confira a noticia completa