Inscrições abertas para o 24º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP

Estão abertas até 10/08/2016 as inscrições para o 24º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP), que acontece entre 22/08/2016 e 30/09/2016 nas faculdades, escolas, institutos e museus da USP.

Iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, o objetivo do SIICUSP é divulgar resultados de projetos de pesquisas científicas e tecnológicas realizadas por alunos de graduação da USP e de outras instituições nacionais e internacionais.

Realizado anualmente, o evento apresenta cerca de 3,5 mil trabalhos de diversas áreas de conhecimento científico e tecnológico.

Podem participar estudantes de graduação de qualquer instituição de ensino, bolsistas ou não, que tenham desenvolvido trabalhos de Iniciação Científica ou Tecnológica.

Os alunos USP apresentarão seus trabalhos no evento da Unidade de seu orientador. Estudantes de outras instituições devem selecionar o campus e a Unidade pertinentes a seus trabalhos. Em caso de dúvida, deverão contatar as Comissões de Pesquisa das Unidades.

As inscrições devem ser realizadas no site http://uspdigital.usp.br/siicusp

Mais informações em www.prp.usp.br/siicusp

Fábrica inteligente vai trazer a indústria do futuro para a universidade

A partir do próximo ano, o ensino de engenharia na USP vai dar um salto para o futuro: os alunos terão acesso a um laboratório que simula a produção de uma indústria inteligente, com recursos tecnológicos avançados e produtos personalizados.

Chamado de Fábrica do Futuro, o projeto é coordenado pelo curso de Engenharia de Produção da Escola Politécnica (Poli) da USP que quer envolver os estudantes com a indústria 4.0. O termo faz referência à chamada Quarta Revolução Industrial – uma era impulsionada por inovações como internet das coisas, robótica, inteligência artificial e impressão 3D.  Conhecido também como manufatura avançada, esse novo conceito de indústria envolve uma cadeia produtiva totalmente conectada, na qual os processos são adaptáveis às necessidades de produção e os recursos são usados com maior eficiência.

Trecho extraído do site do “Jornal da USP”. Para ler o texto completo, clique aqui.