Poli-USP realiza a XIV Jornada de Ergonomia em outubro

Jornada de Ergonomia 2018Nos dias 29 e 30 de outubro de 2018, será realizada, no Auditório Professor Francisco Romeu Landi (Prédio Mário Covas), a XIV Jornada de Ergonomia da Poli/USP. Coordenada pelos Profs. Drs. Laerte Sznelwar, Uiara Montedo e Fausto Mascia (PRO), a edição deste ano terá como tema: Ergonomia da Atividade, Economias Solidária e da Cooperação: convergências, divergências e caminhos possíveis. No evento, pesquisadores nacionais e internacionais discutirão, por meio de apresentações e debates, a relação entre a Ergonomia e estes dois conceitos que se consolidam como alternativas aos modelos atuais de produção e divisão do trabalho.

Dedicado a professores, pesquisadores e alunos de instituições científicas e acadêmicas, representantes de sindicatos, de organizações profissionais e dos poderes públicos e profissionais da área de ergonomia, a Jornada tem como proposta apresentar temas referentes ao trabalho (juntando questões de Engenharia, Ergonomia, Sociologia e Psicodinâmica do Trabalho), com o intuito de debater, conhecer, refletir e trocar experiências, consolidando assim um campo de atuação que tem mostrado importância, e contribuindo para o desenvolvimento das pessoas, dos sistemas de produção e, enfim, da sociedade.

O evento é gratuito, e haverá tradução simultânea (Inscrições: clique aqui). Mais informações e a programação completa, no site do evento: clique aqui.

POLI-USP realiza curso de difusão sobre Bibliometria em fevereiro de 2019

Curso de Bibliometria 2019No dia 11 de fevereiro de 2019, das 8h às 17h, o Departamento de Engenharia de Produção da POLI-USP realiza o curso de difusão “Bibliometria: Teoria e Prática”. Coordenado pela Profa. Dra. Marly Monteiro de Carvalho, o curso é ministrado pelos doutorandos Diego Honorato Clemente e Graziela Darla Araújo Galvão (PPGEP-USP) e voltado a estudantes de graduação e pós-graduação de quaisquer áreas do conhecimento que tenham interesse sobre o método bibliométrico.

A bibliometria tem sido uma técnica bastante difundida para realização da pesquisa acadêmica e com um grande potencial de publicação de seus resultados em periódicos de alto impacto. É útil na formação desde alunos de graduação, na fase de monografia, até mestrado e doutorado.

O objetivo do curso é difundir os conhecimentos sobre a aplicação do método bibliométrico, sendo utilizados em aula os softwares VosViewer e Ucinet. Além de uma introdução teórica sobre a bibliometria, o curso enfatiza a prática através das etapas para realizar uma análise bibliométrica: (i) processo de amostragem e busca nas bases científicas, (ii) extração de dados e arquivamento e (iii) análises descritivas e de redes sociais. Ao final do curso, o participante estará apto a realizar todas as etapas da bibliometria.

As inscrições para o curso ocorrem até o dia 04 de fevereiro de 2019, de duas formas: online através do site www.vanzolini.org.br; presencialmente na Fundação Vanzolini, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h (Endereços: Avenida Paulista, 967 – 3o andar – Bela Vista – SP; ou Avenida Professor Almeida Prado, 531 – Cidade Universitária – SP). Para o processo de seleção, são necessários o preenchimento da ficha de inscrição e a apresentação do currículo profissional. Haverá uma análise curricular prévia para avaliar se o estudante está apto a realizar o curso. O investimento é de R$ 370,00.

Para mais informações, entrar em contato com a Secretaria de Cursos da Fundação Vanzolini (E-mail: extensaopro@usp.br; Telefone: (11) 5525-5810).

PRO realiza premiação para projeto desenvolvido na disciplina de graduação “Gestão de Operações de Manufatura”

Esq-Dir Nathan Benigno Sboarine, Ruy Cortez de Oliveira e Gustavo Garcia Majzoub (1)

Esq-Dir: Nathan Benigno Sboarine, Ruy Cortez de Oliveira e Gustavo Garcia Majzoub

No dia 21 de setembro, foi realizada no Departamento de Engenharia de Produção (PRO) da Poli/USP a entrega do Prêmio de Melhor Projeto de Melhoria de Produtividade, desenvolvido, em 2017, no contexto da disciplina “PRO3444 – Gestão de Operações de Manufatura”. Ministrado pelos Profs. Drs. Dario Ikuo Miyake e Paulino Graciano Francischini, este curso tem o objetivo de apresentar aos alunos de graduação do PRO os principais conceitos referentes a operação, controle, manutenção e melhoria dos sistemas de produção.

O evento contou com a participação do Sr. Ruy Cortez de Oliveira, sócio e diretor administrativo do Kaizen Institute, patrocinador do prêmio, dos docentes responsáveis pela disciplina e do Prof. Dr. Fernando José Barbin Laurindo, chefe do Departamento de Engenharia de Produção da Poli/USP.

Representando o grupo vencedor, os estudantes Gustavo Garcia Majzoub e Nathan Benigno Sboarine apresentaram o trabalho desenvolvido. Nele, os alunos realizaram um estudo na fábrica de uma empresa do setor gráfico, analisando as condições atuais da sua estrutura e processos de produção a fim de identificar os principais problemas enfrentados por seus gestores, e sugerir possíveis alternativas para melhorar a produtividade. O público deste evento era composto, em sua maioria, por alunos matriculados na disciplina em 2018, que deverão realizar projetos similares ao apresentado.

Esq-Dir - Nathan Benigno Sboarine e Gustavo Garcia Majzoub (1)

Esq-Dir – Nathan Benigno Sboarine e Gustavo Garcia Majzoub

PRO Indica: Evento “A Lei Geral de Proteção de Dados: desafios e oportunidades da nova legislação (LGPD)”

No dia 11 de outubro, das 8h30 às 12h, acontecerá no Instituto de Estudos Avançados da USP o evento “A Lei Geral de Proteção de Dados: desafios e oportunidades da nova legislação (LGPD)”, coordenado pelo Prof. Dr. Clovis Alvarenga Netto (PRO) e realizado pelo Centro de Estudos Sociedade e Tecnologia da USP.

A aprovação da nova Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil (LGPD) reflete uma discussão abrangente que vem sendo realizada nos últimos anos em países da Europa e nos Estados Unidos. As particularidades do caso brasileiro e seus impactos do mercado nacional são os temas chave da discussão proposta por esse evento. O tema ilustra também as tentativas de legislar sobre novas tecnologias e serviços emergentes. Questões ligadas à privacidade e propriedade intelectual, além da governança na internet, guerra cibernética e crimes digitais estão entre os diversos aspectos atuais com implicações ético-sociais das tendências da Tecnologia da Informação e Comunicação.

O objetivo desse evento é a apresentação e reflexão sobre a LGPD, através de palestras realizadas por especialistas na área. Espera-se que comparecem ao evento profissionais e empresas impactados pela lei, acadêmicos, alunos e indivíduos interessados na temática, das áreas de Direito, Comunicação Empresarial, Tecnologia da Informação e Engenharia. Desta forma, espera-se contribuir com a discussão sendo realizada em nível local e nacional.

Inscrições e Mais informações: clique aqui.

Chef do Bar da Dona Onça discute a revitalização do centro de São Paulo em palestra na Poli-USP

2No dia 14 de setembro, a proprietária do Bar da Dona Onça, Janaina Rueda, proferiu uma palestra para os alunos da disciplina “PRO3585 – Engenharia de Projetos Complexos do Desenvolvimento Brasileiro”, do curso de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP, ministrada pelos professores Mauro Zilbovicius e Roberto Marx.

O objetivo da disciplina é desafiar os alunos a, em grupos, oferecer soluções para problemas multidimensionais que afetam cidades, o país ou alguma de suas regiões. Em anos anteriores, a Mobilidade Urbana, o SUS, o HU (Hospital Universitário da USP), foram escolhidos como temas. Para 2018, o tema geral é “Revitalização do Centro da Cidade de SP”. Os grupos recebem diferentes desafios relacionados a este assunto e, através de metodologia ensinada no curso, apresentam, ao final, a uma banca de professores e profissionais, os seus resultados.

Nascida e criada no centro da cidade de São Paulo, Janaina Rueda conta que escolheu montar o seu restaurante nesta região, pois tem muito conhecimento sobre o local e tinha a intenção de promover melhorias e incentivar a revitalização de seu entorno.

Durante a palestra, questionada sobre a dificuldade de manter um estabelecimento em uma área comercialmente desvalorizada e com problemas relacionados à segurança, Janaina respondeu que o segredo é conhecer as dificuldades do local e saber conviver com elas, buscando sempre manter a identidade histórica do centro. Além disso, para a empreendedora, é importante atrair o público da região como também tentar despertar o interesse de outros que não frequentam aquela área.

Por fim, a chef relatou que o grande diferencial de seu restaurante é que os ingredientes utilizados para a preparação dos alimentos são todos frescos e comprados de pequenos produtores da região central. Ela acredita que esta é uma das formas que as pessoas têm de incentivar o desenvolvimento do centro de São Paulo e respeitar a sua essência.