Bolsa de PD em Gestão da Incerteza em Atividades de Inovação

O Departamento de Engenharia de Produção da Universidade de São Paulo abre uma oportunidade de bolsa de pós-doutorado, com início imediato, para a participação no Projeto Temático intitulado “Uncertainty Management in Innovation Activities”, financiado pela FAPESP.

Esse projeto divide-se em quatro subprojetos. O bolsista irá interagir com os diversos subprojetos nos pontos sinérgicos, entre eles em equipe multidisciplinar, mas terá como foco o subprojeto Radical innovation management in large companies: organizational project for developing radical innovation capabilities.

O texto do projeto temático (em inglês) pode ser consultado em: clique aqui. 

Informações sobre a bolsa, requisitos/perfil desejado e documentação para a inscrição, no link: clique aqui. 


OPORTUNIDADE – BOLSA PD FAPESP em Gestão da Incerteza em Atividades de Inovação

Nº: 2902
Área de conhecimento: Engenharia
Nº do processo FAPESP: 2015/26662-5
Título do projeto: Gestão da incerteza em atividades de inovação
Área de atuação: Gestão da inovação sob incertezas
Quantidade de vagas: 1
Pesquisador principal: Mario Sergio Salerno
Unidade/Instituição: Departamento de Engenharia de Produção, Escola Politécnica da USP
Data limite para inscrições: 20/06/2019
Publicado em: 24/05/2019
Localização: Av. Professor Luciano Gualberto, 1380, 2º andar, São Paulo
E-mail para inscrições: msalerno@usp.br

Sobre o Projeto: 

A partir de quadro de referência comum sobre incertezas, o projeto articula quatro subprojetos: 1) gestão de incertezas em atividades de inovação mais substantiva / radical em empresas estabelecidas, com foco em questões de organização da inovação e da emergência de uma função inovação na empresa, gestão de portfólio de projetos de inovação radical, processos de inovação, e (in)compatibilidade entre incentivos aos gestores (de curto prazo) x ações de longo prazo típicas de inovação substantiva/radical; 2) ação empreendedora em startups com foco na gestão de incertezas no ecossistema de cocriação de valor de seu empreendimento, e heurísticas de decisão que moldam a ação empreendedora; 3) incertezas jurídico-institucionais em contratos de tecnologia (P&D), particularmente entre atores públicos e privados; 4) incertezas em políticas públicas de indução à inovação, de forma a auxiliar na reformulação ou elaboração de políticas públicas mais efetivas. Para tanto, lança mão tanto de metodologias qualitativas quanto quantitativas. Qualitativamente, os subprojetos 1 e 2 adotam metodologia de estudos de caso longitudinais, acompanhando a evolução das empresas e de suas decisões ao longo do tempo, e os projetos 3 e 4 adotam análise documental e entrevistas com atores. Quantitativamente, prevê-se surveys com entidades setoriais (Anpei, MEI) e processamentos de bases de dados oficiais (Pintec, PIA, PAS, RAIS, Secex e outras). O projeto articula ações com pesquisadores líderes mundiais em seus respectivos campos

ÚLTIMOS DIAS: Chamada de Trabalhos para o 10º Colóquio Internacional de Psicodinâmica e Psicopatologia do Trabalho

CHAMADA DE TRABALHOS (ÚLTIMOS DIAS)Últimos dias para a submissão de trabalhos (até 30/05) para o 10º Colóquio Internacional de Psicodinâmica e Psicopatologia do Trabalho, que ocorrerá entre os dias 21 e 23 de agosto de 2019, na Universidade de São Paulo (USP), organizado pelos Profs. Drs. Laerte Idal Sznelwar (EP-USP), Selma Lancman (FM-USP), Seiji Uchida (Instituto Trabalhar), Juliana de Oliveira Barros (FM-USP) e Claudio Marcelo Brunoro (Instituto Trabalhar).

Esta edição do evento, que terá como tema “Mudanças no trabalho – Novos desafios para a PDT”, contará com a participação de importantes pesquisadores, nacionais e internacionais, de diferentes áreas do conhecimento. Entre eles, o Prof. Dr. Christophe Dejours (Conservatoire National dês Arts et Métiers), psiquiatra e psicanalista que consolidou o conceito de psicodinâmica do trabalho.

O colóquio será composto de palestras, mesas de discussão, debates e apresentações de trabalhos, tratando das inquietações referentes ao futuro da disciplina, frente aos desafios colocados pelos cenários atuais de produção. Baseada em três eixos teóricos principais (o sujeito, a ação e o trabalho), de modo geral, a Psicodinâmica do Trabalho (PDT) tem como objetivo final contribuir para a emancipação dos sujeitos e coletivos, com vistas ao desenvolvimento das organizações, da sociedade e da cultura.

Informações sobre inscrições, chamada de trabalhos e programação podem ser encontradas no site do evento: pro.poli.usp.br/cippt10.

Em caso de dúvidas, entrar em contato com o e-mail: cippt2019@gmail.com.

PRO Indica: Seminário “Conecticidade: conectando ideias, tecnologia e urbanismo”

Com atrações internacionais, nos dias 21 e 22 de maio de 2019, no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo (SP), o seminário Conecticidade: Conectando Ideias, Tecnologia e Urbanismo debaterá temas que permeiam a operação e a saúde desses espaços, assim como tecnologias como blockchain, big data, IoT, entre outras.

O seminário é realizado pela Fundação Vanzolini, com apoio e patrocínio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA-SP). Com inscrições gratuitas, é direcionado a gestores municipais e estaduais, que atuem nas áreas de Desenvolvimento Urbano, Sustentabilidade, Mobilidade, Inovação e Empresas fornecedoras de Infraestruturas para IoT; e profissionais da iniciativa privada com interesse nos temas que serão apresentados.

Os convidados internacionais são Patrick Nossent, presidente da CERWAY e CERTIVEA – a primeira é  operadora de certificação de alta qualidade ambiental (HQE) em todos os países, exceto na França e subsidiária conjunta da CERTIVEA (grupo CSTB) e CERQUAL (Grupo QUALITEL) – que discorrerá sobre Cidades sustentáveis e inteligentes em um ambiente de energia, clima e mudanças sociais e a revolução digital. Os outros convidados internacionais – Alvaro Lima e Nigel Jacob – são da Prefeitura de Boston (EUA) e apresentarão o case da cidade.

Clique no link e confira mais informações.

2019_05_07_AF_postLK_SEMINARIO_CONECTICIDADE

Poli/USP realiza Workshop sobre Economia Circular e Práticas Ambientais e Sociais

Workshop _Economia Circular e Práticas Ambientais e Sociais_No dia 04 de junho de 2019, será realizado o Workshop “Economia Circular e Práticas Ambientais e Sociais” no Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP, coordenado pelas Profas. Dras. Marly Monteiro de Carvalho e Roberta de Castro Souza Pião (EP-USP).

Dedicado a professores, pesquisadores e alunos de instituições científicas e acadêmicas e profissionais da área, o evento tem como objetivo promover discussões sobre o campo em questão por meio de palestras e dinâmicas.

As apresentações do período da manhã são abertas ao público e serão transmitidas, ao vivo, pelo YouTube do departamento. Para participar é preciso preencher um formulário de inscrição.

Programação:
9h às 9h30 – Credenciamento e Welcome Coffee
9h30 às 12h – Mesa de Discussão “Economia Circular e Práticas Ambientais e Sociais”
– Aldo Roberto Ometto, Escola de Engenharia de São Carlos da USP
– Diego Vazquez-Brust, Universidade de Portsmouth (Palestra em inglês sem tradução)
– Lucila Maria de Souza Campos, Universidade Federal de Santa Catarina
– Marly Monteiro de Carvalho, Escola Politécnica da USP (Mediadora)
12h às 14h – Almoço
14h às 17h – Dinâmica entre Acadêmicos e Representantes de empresas (Evento restrito a convidados)
17h30 – Encerramento das atividades

Informações gerais:
Data: 04 de junho de 2019
Local: Sala D2-15 (Auditório do Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP)
Endereço: Av. Prof. Luciano Gualberto, 1380 – Butantã, São Paulo – SP, 05508-010 (link)
Inscrições (período da manhã): bit.ly/2JcwNAQ

Apoio:  FAPESP – PRO/POLI/USP

Davi Noboru Nakano é o novo professor livre-docente do PRO

_DSC4189

Prof. Dr. Davi Noboru Nakano (Crédito: Reinaldo Marques/Studio 3X)

Aprovado em concurso público realizado entre os dias 29 e 31 de outubro de 2018, Davi Noboru Nakano é o novo Professor Livre-Docente do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP.

A banca examinadora foi composta pelos Profs. Drs. Marly Monteiro de Carvalho (EPUSP-PRO), Francisco Ferreira Cardoso (EPUSP-PCC), Martin Grossmann (ECA/USP), Moacir de Miranda Oliveira Júnior (FEA/USP) e Alceu Gomes Alves Filho (UFSCar). A nomeação foi divulgada no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 22 de fevereiro de 2019.

Davi Noboru Nakano possui graduação em Engenharia Mecânica (1982), mestrado (1997) e doutorado (2002) em Engenharia de Produção, todos pela Escola Politécnica da USP. Atualmente é pesquisador do Observatório da Inovação e Competitividade (IEA-USP). Foi coordenador de graduação do Departamento de Engenharia de Produção da Poli-USP. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Organização Industrial e Estudos Industriais, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão do conhecimento, aprendizagem organizacional, indústrias criativas, economia criativa e inovação.