Alunos de disciplina do PRO desenvolvem projetos de sistemas de informação

No dia 29 de junho, ocorreu, no PRO, a apresentação da edição de 2015 do Escritório de Projetos de Software, que corresponde aos trabalhos desenvolvidos pelos alunos de graduação na disciplina “Sistemas de Informação” (PRO2511), ministrada pelos professores Marcelo Pêssoa e Mauro Spinola. O desenvolvimento destes projetos permite que os alunos apliquem na prática, a partir de problemas reais de empresas, os conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas. 

Entre os desafios propostos aos discentes, estão: analisar como as informações fluem dentro de uma empresa, organizando e classificando-as sob a ótica de Sistemas de Informações, além de especificar e desenvolver um SI contendo tanto processamentos manuais quanto automatizados. Para a realização destes trabalhos, os alunos precisaram elaborar uma análise de negócio, além do plano de projeto e o protótipo do sistema. Após a implementação deste, houve a avaliação do projeto, finalizando com a redação do manual do usuário e do relatório final (que passaram por verificação e validação).

Neste ano, o Escritório de Projetos de Software desenvolveu um total de 17 projetos. Os trabalhos foram avaliados pelos seguintes quesitos: qualidade da solução adotada; qualidade da documentação entregue; e qualidade do programa implementado. Os trabalhos foram desenvolvidos usando software livre com tecnologia web utilizando linguagem de programação PHP e banco de dados MySQL.

Os dois melhores trabalhos foram desenvolvidos para empresas do ramo da estética. Os alunos Daniel Escamilla, Eduardo Nabhan de Barro, Nayane Carvalho e Rodrigo Yamamoto criaram um sistema de apoio e de controle de estoque para um salão de beleza, enquanto o grupo formado pelos estudantes Caio Pantarotto, Isabella Genova, Mariana Arbex e Pedro Ferreira desenvolveu um sistema integrado para a automação do agendamento dos serviços e profissionais

DSC_0015

Grupos de estudantes que desenvolveram os melhores trabalhos na disciplina “Sistemas de Informação”