Professores da Poli/USP participaram da oitava edição da Campus Party Brasil

Créditos: Alexandre M. Rocha

Na foto (esq/dir): Cid Torquato, Eduardo Zancul e André Fleury; Créditos: Alexandre M. Rocha

No dia 06 de fevereiro, os professores André Fleury e Eduardo Zancul, do Departamento de Engenharia de Produção da Poli/USP, participaram da 8ª Campus Party Brasil, ministrando a palestra “Makers colaborativos: inovando para pessoas com deficiência”. O evento também contou com a participação de Cid Torquato, da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo.

Os docentes apresentaram brevemente alguns conceitos que fundamentam os projetos de desenvolvimento colaborativo de tecnologia assistiva. Eduardo Zancul comentou sobre a cultura “Maker”, caracterizada por uma geração nova de inventores, pessoas criativas que desejam trabalhar na área de tecnologia, e a sua relação com as demandas de pessoas com deficiência. Para o pesquisador, é importante nesta área haver a criação e a produção em baixa escala, por conta das particularidades enfrentadas por cada indivíduo com deficiência, sem esquecer da viabilidade econômica do projeto.

Outro ponto apresentado na palestra foram as etapas existentes num projeto de inovação: conceituação (problemas a serem resolvidos), desenvolvimento (tecnologia, processos, resolução de problemas e otimização) e elaboração de modelo de negócio (transformação em produto para a sociedade). André Fleury prosseguiu com a apresentação, explicando a metodologia do “design thinking”, aplicada para a realização de projetos inovadores. Segundo o docente, diferentemente de outras metodologias utilizadas no campo da Engenharia, o “design thinking” prioriza a compreensão do problema a ser resolvido, antes de sua solução (por meio de pesquisas, imersão, compreensão do usuário, benchmarking, síntese, ideação e prototipação).

Para exemplificar os pontos levantados, foram citados casos de projetos desenvolvidos na área em questão por empresas e universidades. Além disso, os palestrantes falaram sobre o TOM SP, evento organizado pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência em parceria com a Poli/USP, e realizado em novembro de 2014 nas dependências do Departamento de Engenharia de Produção da Escola. O TOM reuniu especialistas de diferentes áreas de atuação, profissionais das áreas de tecnologia e reabilitação e pessoas com deficiência, com o objetivo de unir esforços na elaboração de projetos/protótipos que aperfeiçoem ajudas técnicas já existentes ou que criem novas soluções, viáveis e replicáveis (vídeo do evento TOM, clique aqui).

Em sua oitava edição no Brasil, a Campus Party, evento de internet mais importante do mundo nas áreas de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital, ocorreu entre os dias 03 e 08 de fevereiro, e reuniu mais de 100 mil visitantes e oito mil campuseiros (participantes que ficam alojados no espaço do evento). Para mais informações, clique aqui.