ANÁLISE DE MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA VAREJISTA


O setor do varejo apresenta reduzidas margens, principalmente quando comparado com as demais indústrias. Dado esse cenário, os valores investidos em projetos muitas vezes se equivalem ao lucro líquido das empresas do varejo, o que torna o insucesso dos projetos altamente prejudicial ao resultado dessas empresas. A gestão de projetos pode ser considerada como uma vantagem competitiva nesse cenário. Nesse projeto foi analisada a estrutura do escritório de gestão de projetos da empresa estudada, além de sua maturidade em gestão de projetos. A primeira análise foi baseada em análises e entrevistas, enquanto a segunda análise foi pautada em questionários. Na análise qualitativa foi estudada a estrutura do escritório de gestão de projetos, além de uma análise nas estruturas organizacionais para gestão de projetos utilizadas pelas demais áreas da empresa. Na análise quantitativa, foram aplicados questionários a 43 funcionários das 5 diretorias da empresa. Os resultados mostraram que o escritório de gestão de projetos da empresa pode ser classificado como um PSO (Project Support Office) e o aumento de suas atribuições tende a classificá-lo como um PMO (Project Management Office). Os questionários de maturidade indicaram que a empresa ainda não atingiu o segundo nível de maturidade, tendo atingido apenas a primeira fase, embrionária. A empresa precisa realizar diversas mudanças para transformar o sucesso da gestão de projetos em um processo repetitivo.


Palavras-chave em portugues: Engenharia de Produção, Gestão de Projetos
Orientador:
Data de Defesa: