APERFEIÇOAMENTO DA FUNÇÃO MANUTENÇÃO DE UMA FÁBRICA DE CAFÉ



Até um passado recente, a função manutenção era vista como um mal necessário às organizações. Afinal, alguém deveria ter a responsabilidade pelo funcionamento dos equipamentos. Porém, as condições competitivas presentes atualmente nas diversas indústrias, com a produção sendo cuidadosamente programada e controlada, e cada operação devendo ser executada com a máxima eficiência, paradas devido a falhas em equipamentos e operação ineficientes são custos muito altos para serem tolerados. Nesse contexto, recai sobre a função manutenção a responsabilidade por manter a máxima eficiência dos ativos. O presente trabalho de formatura consiste na elaboração de um novo modelo de gestão da manutenção para a planta industrial de estocagem, torrefação, moagem e embalagem de café da empresa Luigi Lavazza S.p.A, localizada na cidade de Turim, Itália. A abordagem majoritariamente reativa da manutenção não é mais uma opção viável para o estabelecimento e a reformulação proposta apresenta soluções para a evolução em direção a um modelo preventivo e em contínua melhoria. Baseando-se nas normas técnicas e melhores práticas encontradas no campo de manutenção industrial, inicialmente é feita uma análise da função manutenção encontrada no início do trabalho. A partir daí, são identificados três processos críticos: execução e análise da manutenção corretiva, definição de procedimentos e planos de manutenção, e gestão de peças de reposição. Para cada um desses processos, inicialmente foram criados indicadores que possibilitem a comparação do desempenho do processo ao longo do tempo. Em seguida, causas de possíveis desvios são investigadas, priorizadas, algumas soluções são estudadas e finalmente, sucessos de implantação são apresentados.
Palavras-chave em portugues: Manutenção Industrial, Manutenção Preventiva
Orientador:
Data de Defesa: